sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Postagem da Sexta-feira.

          Continuando meu projeto, mais uma postagem. Ontem não deu tempo de postar nada, mas vamos em frente. Claro que os tópicos não são iguais. Afinal, não estou do mesmo jeito todos os dias! Vejam o texto no final, que achei o máximo.

O dia: 03 de dezembro – ainda não tenho a decoração de Natal!
O tempo hoje: nublado, quente, 28oC em Feira City. Salvador eu não sei...
O que se passa lá fora: Salvador está entregue as baratas! Sujeira e violência para todos os lados! Isso sem falar dos buracos nas ruas!
O que se passa aqui dentro: Victor reclamando que ainda não armei a árvore de Natal... e com toda razão!
O que me preocupa hoje: preciso de um dia com mais de 24 horas, urgente!!!!!!!!
O que não me preocupa hoje: não consegui pensar em nada... to meio agitada hoje.
O que tenho para fazer: corrigir provas, ainda!
O que gostaria de estar fazendo: meus enfeites de Natal.
Planos para o resto do dia: organizar o meu final de semestre na UEFS.
Planos para o fim de semana: feijoada na casa de tia Dulce com direito a banho de piscina!!!
Agradeço a Deus por: conseguir pagar as contas
Uma esperança: paz na terra e nem precisa ser somente para os de boa vontade. Qualquer pouquinho de paz é muito bem vindo.
Pensamento do dia: vai um texto inteiro, não pude resistir... estou sentindo exatamente o que o carinha sentiu e esse texto veio bem a calhar...

Para que serve o horizonte?
Certa vez alguém chegou no céu e pediu pra falar com Deus porque achava que havia uma coisa na criação que não tinha nenhum sentido. Deus o atendeu de imediato, curioso por saber qual era a falha que havia na Criação.
– Senhor Deus, sua criação é muito bonita, muito funcional, cada coisa tem sua razão de ser...mas no meu ponto de vista, tem uma coisa que não serve para nada - disse aquela pessoa para Deus.
– E que coisa é essa que não serve para nada? - perguntou Deus.
– É o horizonte. Para que serve o horizonte? Se eu caminho um passo em direção ao horizonte, ele se afasta um passo de mim. Se caminho dez passos, ele se afasta outros dez passos. Se caminho quilômetros em direção ao horizonte, ele se afasta os mesmos quilômetros de mim... Isso não faz sentido! O horizonte não serve pra nada.
Deus olhou para aquela pessoa, sorriu e disse:
– Mas é justamente para isso que serve o horizonte... " para fazê-lo caminhar "

Uma foto para compartilhar: comendo cupcake no aniversário de Juliana! Delícia! Regi, obrigada pela foto!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Projeto de Final de Ano!

     Estou iniciando um novo projeto hoje. Dezembro é um ótimo mês para iniciar projetos, vocês não acham? Vou tentar fazer postagens diárias, com alguns tópicos. Garantir mesmo garanto pelo menos uma postagem semanal. Tive a idéia ao ver algo semelhante em alguns blogs. Maturei bem o assunto, para acabar com uma coisa que fosse minha cara e que eu realmente fosse fazer. Estou propondo isso para o mês de dezembro e, por enquanto, semanal. Se der certo e eu me adaptar, faço para o ano que vem e vejo se mudo para postagens diárias. Então, lá vai:


O dia: 01 de dezembro – o ano acabou.
O tempo hoje: ensolarado, pelo menos aqui em Feira de Santana, visto através da janela do laboratório. Um calor infernal.
O que se passa lá fora: Rio de Janeiro em guerra, na Bahia as coisas estão mais paradas que o Everest. E o metrô, que não fica pronto nunca?
O que se passa aqui dentro: aplicando prova para os alunos da disciplina de Química Geral. A prova tá mamão com açúcar!
O que me preocupa hoje: tenho que corrigir essas provas todas.
O que não me preocupa hoje: vou chegar em casa e encontrar tudo arrumado e limpinho.
O que tenho para fazer: já falei, corrigir provas
O que gostaria de estar fazendo: arrumando meu scrapcanto que está um caos.
O que estou lendo: um livro de vampiros pra variar: A Passagem. Esqueci o nome do autor...
Uma de minhas coisas favoritas: crop com as amigas, que não vou poder fazer nesse fim de semana pois tenho uma maravilhosa feijoada com banho de piscina (chato né?)
Planos para o resto do dia: terminar minhas aulas e chegar em casa para ficar com Victor.
Agradeço a Deus por: quase tudo...
Uma lembrança: preciso ligar para Márcia
Uma esperança: que tudo dê certo
Uma alegria: meu Bahia subiu para a primeira divisão!
Pensamento do dia: “Prefira os que dizem não resolutamente aos que dizem sim vacilantemente.” (Ralph Waldo Emerson)
Uma foto para compartilhar: tinha esquecido de postar essa página, fiz com papéis que a Macau Peixoto desenhou para a Les Babioles.
     Então é isso... vamos ver onde vai dar... espero que gostem de ler e de ver. Um grande beijo a todos os amigos.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Voltei!

Quem não entendeu minha postagem mais cedo, explico: ando meio sem paciência com as pessoas que querem que você faça o mesmo que elas, só porque elas fazem. Não acho que o fato de alguém se dedicar ao trabalho mais do que a família ou a si mesma seja justificativa para eu fazer o mesmo. Como já disse, não quero que o "sacrifício" voluntário dos outros seja o meu. Pronto, desabafei.

Foi nesse espírito que eu fiz o mini-álbum do kit gourmet de novembro da Yummys, elaborado pela Ana Paula Leal. Ficou assim:






Com o que sobrou ainda fiz uma página, com uma foto que Victor tirou. Ele adora brincar com a máquina e eu achei que essa foto ficou boa...a cara de boba é normal.

Espero que gostem e desculpem o desabafo acima, mas realmente estou cheia das pessoas que não respeitam as outras.
Beijos amigos!

True to Myself

Life has come a long way since yesterday
And it’s not the same old thing over again
Just do what you feel and don’t you fool yourself
Cause I can’t make you happy unless I am

I’ve got to be true to myself
 Day in day out, I’ve asked many questions
Only to find the truth it never changes
If you don’t deal with it, it keeps killing you a little by little
Call me selfish if you will, my life I alone I can live

I’ve got to be true to myself 

I don’t care if it hurts
I’m tired of lies and all these games
I’ve reached a point in life
Hey, no longer can I be this way

Don’t come crying to me
I too have shed my share of tears
I’m moving on, yes I’m grooving on
Hey, well I’m finally free

I’ve got to be true to myself

Ziggy Marley

Por que algumas pessoas acham que todos tem de ser iguais a elas? Por que acham que os outros são obrigados a fazer as coisas só porque elas fazem? Por que o sacrifício do outro tem de ser o meu? Cansei.

Fiz o álbum da Ana Paula (Yummys) com essa música. Depois eu mostro, ainda não fotografei...