sábado, 2 de abril de 2016

Leituras de Verão

   Coitado desse blog... tão abandonado que as leituras de verão estão saindo no início do outono. Mas, como o projeto é Leitura Inesquecível, está valendo.
   Para o verão a Katia deixou muitas opções de escolha. A primeira meta, um livro com verão no título. Graças as meninas lindas desse grupo conheci a série "The Wallflowers" (As Quatro Estações do Amor, aqui no Brasil) da Lisa Kleypas, cujo primeiro livro é Segredos de uma Noite de Verão. Um romance água com açúcar bem legal, escrito de forma leve, mas sem perder a conexão com a época nem inventar nada fantástico. Quatro moças bonitas que precisam se casar, por vários motivos: pobreza, conseguir status, se livrar da família opressora e também porque na época tinha que casar logo, senão já era. Embora seja uma ficção, a pesquisa histórica está bem feita e complementa bem o texto, sem deixá-lo maçante. Me diverti muito com essa leitura.


   Também era necessário escolher um livro estrangeiro de uma lista daquelas tipo "100 livros para ler antes de morrer". Adotei a lista da Revista Bula, que achei bem interessante e escolhi O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway. Lindo demais, embora triste. A luta do velho com os elementos da natureza é impressionante. E o fato de que a velhice incapacita mesmo é um pouco desesperador, uma vez que ninguém quer morrer na flor da idade. Então o jeito é ficar velho. A importância do auxílio dos mais novos e de deixar o orgulho de lado e aceitar essa ajuda fica nas entrelinhas, mas pode ser apenas minha leitura, não necessariamente uma mensagem do autor. A doçura do menino amigo do velho é linda.

   Depois a Kátia facilitou. Ainda teríamos de ler mais quatro livros (afinal o verão tem três meses), a escolher entre os temas comédia, chick-lit, aventura, fantasia e erótico, mas ainda dentro do espírito de verão. Não fiquei nos quatro. Escolhi logo um livro para cada tema, fica mais fácil. Ficou assim:
          Comédia: Qual Seu Número - Karyn Bosnak. Só porque tem o Chris Evans na capa. Pronto, confessei. Até porque não gostei muito do livro não, muita complicação em torno da quantidade de homens com quem a personagem dormiu. Mais um pouco da preocupação puritana norte americana com o sexo.
          Chick-Lit: em compensação, o chick-lit que escolhi, O Segredo de Emma Korrigan, de Sophie Kinsella me agradou mais. Muito engraçado e na hora certa proporciona uma sensação de vingança ótima! As coisas que as pessoas fazem quando pensam que vão morrer são impressionantes.


          Aventura: A Espada de Verão - Rick Riordan. Tá, eu gosto do Riordan. gosto até da foto publicitária dele. Parece um cara super legal. Estava com medo desse livro ser repetitivo, pois esse filão dos semi-deuses está meio batido, mas tive a grata surpresa se ver que não há uma repetição. Riordan consegue escrever mais uma história de semi-deus sem se tornar maçante. Recomendo o livro, para quem gosta do gênero.


          Erótico: Não é todo autor(a) que sabe escrever livro erótico de qualidade. Para quem leu Anais Nin (O Delta de Vênus) aos 17, fica meio estranho essa literatura filme-pornô de hoje em dia. Tem uns melhores, alguns piores, mas essa mania de séries eróticas cansa. Consigo ler o primeiro e até gostar. No segundo me pego pensando: "Cadê a história?" E no terceiro bocejo sem disfarçar. Massssssss. tinha lido Cretino Irresistível e resolvi terminar a série, entre bocejos, por incrível que pareça. Acho que os autores(as) deveriam perceber quando um assunto já deu. Nessa série, por exemplo, bastava mostrar as histórias de Bennet, Max e Will, sendo um pouco menos repetitivo. Gostei do Noiva Irressitível, porque foca mais no casamento de Chloe e Bennet e acaba ficando engraçado.

          Fantasia: Tem muito tempo que eu estava querendo ler A História sem Fim, de Michael Ende. Como todo bom escritor alemão, embora esse seja um livro escrito para crianças, a densidade do texto é muito, mas muito adulta. Adorei a história de Bastian Baltazar Bux. De como ele cresce quando tem que ajudar a Filha da Lua, de como ele falha ao se sentir melhor do que os outros. Uma história linda e cheia de fantasia. E na volta para casa, o final feliz. Muito bom.

   Essas foram as leituras de verão. Valeram para os meses de Janeiro, Fevereiro e até o dia 21 de Março. Meu fichário de leitras vai ficando cheio de coisas boas e eu vou parando por aqui, sem prometer quando volto, mas tentando me organizar, eu juro. Beijos amigos e sejam felizes!

Um comentário:

Lolô Artesanato disse...

Delícia ver seus registros amiga, eu nem comecei meu album ainda, vergonha!!!!
Beijos